Queridinha da internet é processada por racismo, mas nega

Cantora Luísa Sonza é processada por racismo, mas nega a acusação

Luísa Sonza está sendo processada por ato de racismo, e rebateu as acusações em seu perfil no Twitter, na quinta-feira, 17. Segundo a advogada Isabel Macedo de Jesus, a cantora cometeu o crime, em setembro de 2018, durante um festival gastronômico em Fernando de Noronha, na Pousada Zé Maria. A informação foi obtida primeiro pelo Canal em off.

De acordo com o processo, Luísa Sonza teria agredido a advogada com um tapa e ordenado que ela lhe servisse água. Porém, Isabel não era funcionária do estabelecimento. O processo está no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na 19ª vara cível, e a autora pede uma indenização por danos morais tanto de Luísa Sonza quanto da Pousada.

“Ocorre que, durante o festival, houve uma apresentação musical da Primeira Ré (Luísa Sonza), estando a a autora (Isabel) em uma mesa próxima ao palco onde a artista se apresentava. Todavia, ao passar pela cantora, enquanto se dirigia ao banheiro, a Autora foi agredida com um tapa no braço pela Primeira Ré e ordenada em tom ríspido a providenciar um copo d’água”, afirma trecho do processo.

De acordo com o texto do processo, “sem entender o que estava acontecendo, a Autora ainda pediu que a Primeira Ré repetisse, pois não havia compreendido a abordagem. Foi quando a artista, novamente, no mesmo tom ríspido, ordenou que a Audora buscasse um copo de água, pois ela estava com sede. Estarrecida, a Autora ainda se deu o trabalho de lhe explicar que era uma cliente do estabelecimento e não funcionária do local, como se não fosse crível que uma mulher negra pudesse estar naquele restaurante na qualidade de cliente”.

Todos os funcionários da pousada estariam uniformizados e por isso, Isabel, voltou a questionar Luísa Sonza, segundo a acusação de racismo.

“Ao ser indagada por qual motivo acreditou que a autora fosse funcionária do local, uma vez que todos os funcionários estavam uniformizados, a Primeira Ré (Luísa Sonza) se esquivou, não deixando dúvidas que sabia que havia feito um julgamento preconceituoso em razão dos traços raciais da Autora”. Luísa Sonza teria ficado surpresa que Isabel não era funcionária do local.

Pelo Twitter, a cantora se defendeu das acusações. “Gente, tudo isso é MENTIRA! Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda, escreveu.

ASSESSORIA DA CANTORA NEGA

A assessoria de imprensa de Luísa Sonza emitiu uma nota e afirmou que as afirmações são falsas. “A assessoria jurídica da artista Luísa Sonza, através do seu advogado José Estavam Macedo Lima, vem a público informar que tomou conhecimento do referido processo pela mídia.

Que a cantora até a presente data não foi citada de nenhuma ação que venha a lhe imputar o fato que está sendo noticiado. Que as acusações são falsas, inverídicas e vêm em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista. Informa, ainda, que nunca ofendeu ou discriminou qualquer pessoa.

Causa estranheza as acusações de racismo, pois até a presente data a artista não recebeu qualquer notificação das autoridades policiais sobre a suposta investigação. Todas as medidas administrativas e judiciais serão adotados para proteger a honra e a intimidade da artista”.

FONTE: Catraca Livre

Diva da música brasilera comemora aniversário com live

Gal Costa vai comemorar em grande estilo os 75 anos

Atendendo ao apelo dos fãs, a cantora Gal Costa anunciou uma live super especial e com repertório surpresa! O show rola às 22h do dia 26 de setembro, quando a diva completa 75 anos de vida. Para assistir, basta acessar o canal do Youtube da TNT.

Com tantos hinos, o que será que Gal Costa está preparando para os fãs? O Facebook e o Instagram dela já estão cheios de pedidos musicais: “Festa do Interior”, “Pegando Fogo”, “Vaca Profana”, “Você Não Entende Nada”, “Palavras no Corpo”… De qualquer forma, será um showzão incrível!

Com mais de 40 discos lançados, a cantora, compositora e multi-instrumentista Gal Costa é considerada uma das maiores vozes da música brasileira.

Sua carreira decolou nos anos 60, quando estreou – ao lado de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Tom Zé e outros -, o espetáculo “Nós, Por Exemplo…” (1964), que inaugurou o Teatro Vila Velha, em Salvador. Essa parceria se transformou no movimento cultural vanguardista Tropicália.

Ao se mudar para o Rio de Janeiro, lançou seus primeiros discos e participou de muitas edições de festivais de música que eram exibidos pelas emissoras de TV. Seu segundo álbum solo, “Gal”, lançado em 1968, tem influências psicodélicas e é reconhecido até hoje como o registro mais radical já feito na história da música brasileira!

 

Galã da Globo diz que não tem mais nenhum interesse em atuar

Victor Fasano fez a estreia nas novelas da globo em 1989, com Barriga de Aluguel

Galã de diversas novelas nos anos 1990 e 2000, Victor Fasano não pretende mais voltar a atuar. “Só se algum projeto me fascinar, o que é raro”, disse ao EXTRA o ator de 61 anos. “Não se trata de abandonar a carreira e, sim, ir atrás do meu Dharma”, explica, referindo-se às causas voltadas para a defesa do meio ambiente.

Longe da TV, ele é sócio de uma fundação ambientalista que cria em cativeiro e reintroduz nas florestas espécies em extinção e tem se dedicado integralmente a esse projeto. Fasano também tem se recusado a participar de lives para falar do seu trabalho como ator.

Aos 61 anos, premiado e reconhecido no Brasil e em vários país por causa de sua atuação em defesa do meio ambiente, ele é sócio-fundador do Criadouro Tropicus e da empresa Airom Ambiental. Em 2018, esteve na iniciativa “Rios Limpos para Mares Limpos”, da ONU Ambiental. No ano passado, criou um selo de certificação para fazendeiros que preservam as onças pintadas, ameaçadas de extinção.

Em 2019, participou do programa Sensacional, da RedeTV! e disse que não sentia falta das novelas. “Saudade não tenho. Tenho de trabalhar, de estar em cena. Tudo o que está em volta disso não sei se tenho muita vontade. Se for personagem de galã, esquece”, enfatizou.

Victor Augusto Duarte Fasano nasceu em 2 de setembro de 1958, na capital paulista. Começou a carreira como modelo em 1976 e estreou na televisão logo com um papel de destaque: o Zeca de Barriga de Aluguel (1989). Depois disso, teve outros papeis importantes em novelas da Globo, como Juca em De Corpo e Alma (1992), Miguel em Caras e Coroa (1995), Heitor em Salsa e Merengue (1996), Edmundo Falcão em Torre de Babel (1998) e Tavinho em O Clone (2001), atualmente em exibição pelo canal Viva.

Em 2003, esteve no SBT, onde fez Canavial de Paixões. Depois disso, voltou para a Globo, atuando em América (2005), Amazônia: De Galvez a Chico Mendes (2007, Paraíso Tropical (2007) e Caminho das Índias (2009).

Depois disso, migrou para a Record, onde atuou em diversas produções: Ribeirão do Tempo (2010), Balacobaco (2012), Plano Alto (2014), Milagres de Jesus (2015) e Conselho Tutelar (2015).

Ivete Sangalo fala em sexo e diz: “em casa é madeira pra todo lado”

Ivete brincou e falou de tudo em entrevista descontraída

Ivete Sangalo falou sobre como tem sido a dinâmica de sexo no período de pandemia do coronavírus. Durante participação no “OtaLab” no UOL desta quinta-feira (20), a cantora comentou os desafios da relação a dois em meio à quarentena, mas destacou: basta uma faísca para tudo pegar fogo. “Na quarentena, a frequência do sexo é outra. Existem outras prioridades. Mas é o seguinte, tem que ser caceteiro, garantir. Demora um pouco, mas na hora que a casa cai é pedaço de madeira para todo lado”, disse a artista em conversa descontraída com Otaviano Costa.

“Veveta” ainda explicou que é difícil criar um “clima” romântico no atual cenário de crise de saúde. “É muito difícil você criar uma história de romance dentro de uma ideia que não é romântica. A ansiedade sobre o que está por vir, essa dúvida sobre o que vai acontecer, esse número de mortos [pela covid-19]”, destacou..

Veja materia completa em Uol Entreté

Ator global revela ser bissexual e conta segredos íntimos

Marcps Caruso viveu Leleco e mn Avenida Brasil

O ator Marcos Caruso, 68 anos, revelou que é bissexual e contou o que mais lhe dá prazer entre quatro parede. A revelação foi feita durante bate-papo descontraído na live Apimentadas, da drag queen Suzy Brasil.

O ator global, que atualmente interpreta o personagem Seu Peru, na “Escolinha do Professor Raimundo”, sempre teve uma vida íntima discreta.

Marcos Caruso confidenciou ainda que não gosta de arriscar performances na cama, mas contou que o que lhe dá mais tesão é o olhar. “Não me interessa o corpo, não importa o corpo. É o olho. Bateu, bateu. E se tem o olhar, é o olhar da pessoa, não o olhar da personagem”, diz o ator.

“Sempre fui papai e mamãe. Eu brinco que essa coisa mais violenta, de fantasias sexuais, eu estou guardando para a próxima encarnação. Eu sou muito certinho, sabe? E é gostoso ser assim. Eu não tenho problema de não ser assim [fetichista]. Eu me satisfaço assim. Não tem essa coisa de me fantasiar, assistir alguma coisa, ou de imaginar um personagem, eu, o parceiro ou a parceira”, revela.

O ator Marcos Caruso já foi casado com a atriz Jussara Freire, com quem teve dois filhos, Caetano e Mari Caruso.

Assista a entrevista completa abaixo: