Ex-craque do Botafogo detido por suspeita de tráfico de drogas

Jobson sempre esteve envolvido em polêmicas nos clubes por onde passou

O atacante Jobson, com passagem pelo Botafogo-RJ e Atlético-MG foi levado à delegacia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, por suspeita de envolvimento em tráfico de drogas. O caso ocorreu nesta quinta-feira, 5, na região da Japuíba, durante uma ação da Polícia Militar, que investigava uma denúncia.

A PM esteve revistando uma casa e encontrou 16 trouxinhas de maconha e 12 pinos contendo pó branco. A ligação de Jobson à investigação partiu através de uma troca de mensagem com um dos homens que estavam no imóvel.

Ao chegar na região, o jogador foi abordado pelos policiais e encaminhado até a 166ª DP, mas foi liberado. Ele não estava com nenhuma arma ou droga, como era a suspeita da PM. Outras duas pessoas foram presas na operação policial.

Jobson começou a carreira no Brasiliense, em 2009.. Depois do clube do DF, o atacante passou por Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Nesse período, o jogador colecionou problemas por conta do uso de drogas.

Suspenso desde 2015 pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março de 2018, Jobson foi acusado pelo clube saudida de se recusar a fazer exame antidoping. Posteriormente, a Fifa deu validade mundial à pena que, de início, foi imposta pela Federação Saudita de Futebol.

MATÉRIA COMPLETA EM GLOBOESPORTE OU CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *